Como seu negócio pode sobreviver na crise econômica?

Como seu negócio pode sobreviver na crise econômica?

O tempo de crise econômica que estamos vivendo trouxe para a maioria dos empresários e empreendedores uma enorme preocupação: a sobrevivência de seu negócio nesses dias difíceis.

Alguns dos caminhos para alcançar esse objetivo são óbvios como o corte de gastos, o aumento da produtividade e a busca de oportunidades na carteira de clientes da empresa.

No entanto, diante de um cenário tão negativo apenas essas ações não são suficientes para garantir a sobrevivência dos negócios.

Por isso, separamos algumas dicas para ajudar você a dar a volta por cima e não só passar pela crise, mas também continuar a crescer quando ela passar. Confira!

  • Cautela com pagamentos e financiamentos

A lição número 1 é: seja cauteloso e muito organizado com as finanças. Programe todos os pagamentos que precisa fazer sem deixar nenhum para trás. Outra questão importante é manter a precaução quanto aos financiamentos. Evite fazê-lo, mas se for extremamente necessário recorrer a um financiamento, o tempo de pagamento dele deve ser o mais breve possível. Fuja dos financiamentos longos.

  • Invista em inovação

Em nenhum momento, especialmente em tempos de crise, é indicado o abandono do investimento em inovação. Saia na frente sempre, apresente soluções criativas para o problema de seus clientes, antecipe tendências e faça a diferença no mercado. Seja lembrado pela sua capacidade de inovar.

  • Não deixe de lado a comunicação

Esse é um hábito de muitos empresários e empreendedores. Em tempos de dificuldades financeiras o primeiro corte é a verba para o marketing. Esteja atento quanto a isso, pois sem comunicação é difícil que o produto ou serviço que oferece fique na mente dos consumidores e, consequentemente, a opção deles será pelo concorrente. Seja estratégico e continue investindo em uma comunicação de qualidade em tempos de crise.

  • Mantenha sua equipe

Sabemos que o custo por funcionário é muito alto em nosso país. E, por ser uma conta grande, muitas empresas decidem reduzir sua equipe para economizar. Mas essa atitude é um erro e traz mais prejuízos do que alívio para as corporações. Uma equipe criativa, qualificada e engajada é muito importante no processo de crescimento da produção, da inovação e da busca das melhores soluções. Então não corte o seu pessoal, mas seja transparente e envolva cada membro da sua equipe no desafio que é sobreviver em meio à crise.

  • Reorganize seu estoque

Faça uma avaliação do que tem comprado para fazer seu estoque, verifique a quantidade adquirida, confira a possibilidade de ter fornecedores mais em conta, mas sem deixar cair a qualidade do produto. Feche acordos e parcerias para reduzir custos e melhorar a lucratividade. Não esqueça de eliminar todos os desperdícios.

No mais, empenhe-se para fidelizar os clientes que já tem e esteja preparado para acolher aqueles que vierem da concorrência.

Enfrente a crise de cabeça erguida e se preciso contrate uma consultoria que o apoie e o ajude a colocar em prática essas e outras ações que o mantenha vivo no mercado.

Agora, conte para a gente o que tem feito para que seu negócio sobreviva nesses tempos de crise. Interaja nos comentários!

 

 

Compartilhe
Raphael Gois
Raphael Gois
Especialista em Franchising. Artista Plástico, Formado em Propaganda e Marketing na UNIP – Universidade Paulista. É Designer Gráfico e atuou como Gerente Nacional de Marketing em uma grande empresa da área de educação, a Evolua Educacão. Cursou o Programa de Especialização para Executivos em Franchising, no Franchise College e há 15 anos fundou a Pixie Comunicação onde, atualmente, exerce a função de Diretor. É professor convidado no Programa de Especialização em Franchising, da Franchise Pleno.

Comente